Videoaula – A vida na Crise e o despertar pessoal

Nesta aula, Prof. Júlio Resende reflete sobre as causas da crise humana, a vida em meio ao desequílibrio e o despertar em direção a novos estilos de vida.

 

Sustentabilidade, Crises e Transição Planetária

Nesta videoaula, Júlio Resende fala sobre Sustentabilidade do ponto de vista de uma nova ética que está surgindo. A partir das crises, há uma transição planetária em direção às sociedades sustentáveis.

 

 

Não havia luta do bem contra o mal

Nas últimas eleições presidenciais, Aécio foi o mais votado no Mato Grosso. Muitos amigos, colegas e conhecidos de lá achavam que ele era um super herói gestor de Estado moderno e eficiente. Eu tentei alertá-los de que não era bem assim por conhecê-lo desde os tempos de Minas Gerais. De fato, seu histórico era muito pouco conhecido nacionalmente, para além das montanhas. Fui duramente criticado por votar em Dilma, mesmo tendo justificado que meu voto era na canditada menos ruim. Na época, eu disse com alguma coragem que era melhor votar no “Rouba, mas faz social” do que no “Rouba, mas faz empresarial”. Eu argumentei que os canditados se igualavam no que tinham de pior e se diferenciavam no que tinham de melhor. Em outras palavras, se igualavam na corrupção, mas se diferenciavam na prioridade. Minha opção era, portanto, por quem dava alguma prioridade a mais pelas conquistas sociais. Como se vê, posicionar é sempre muito difícil, mas é fundamental porque aqueles que não o fazem são apenas arrastados pelas maiorias. As constatações da corrupção de Aécio desta semana confirmaram que nossos votos estavam todos sujos. Portanto, vale reiterar agora que não havia uma luta do bem contra o mal ou honestos contra corruptos. Todos aqueles que baseram seus votos nestes argumentos estão sendo obrigados, neste momento, a reconhecer sua inocência e analfabetismo político. O contexto era e continua sendo mais complexo do que essa dualidade apresentada, o que nos exige cada vez maior consciência política e maior necessidade de engajamento e participação. Só podemos sair melhor desta.

 

Publicado em 18 de maio de 2017

Palestra: Sustentabilidade e Agricultura Sustentável

Palestra: Sustentabilidade e Agricultura Sustentável

Imagem de Júlio Resende3

Palestra sobre Sustentabilidade e Agricultura Sustentável, realizada pelo Prof. Júlio Resende, no município de Confresa-MT, na III Semana de Agricultura Familiar, em maio de 2016, para um público de agricultores, assentados, gestores públicos, estudantes e professores.

Confresa está situada a 1200 quilômetros da capital Cuiabá, na região entre o Xingu e o Rio Araguaia. Sua origem se deu por meio de assentamentos e hoje tem sua economia baseada na agricultura. Seu povo, oriundo de diversos lugares do Brasil, é dos mais hospitaleiros possíveis. O Campus do IFMT surgiu a partir de uma solicitação do Dom Pedro Casaldáliga, militante das causas sociais, com apoio do Vaticano. A instituição de ensino cumpre uma função importante na formação humana e profissional da região, bem como tem um papel relevante como parceiro dos agricultores, gestores, indígenas, quilombolas e cidadãos da região.

Dia 13: Manifestações destrutivas ou propositivas?

Dia 13: Manifestações destrutivas ou propositivas?

Há um ponto positivo e um muito negativo a destacar nas manifestações do dia 13. Há décadas a sociedade brasileira é considerada passiva. Ao ver pela televisão os frequentes protestos na Argentina e Chile, era comum ouvir alguém dizer: “Eles são muito mais aguerridos, lutam muito mais do que nós. Por isso, são mais avançados”. Este é, de fato, o ponto positivo destas manifestações. No entanto, em nada contribuem com a superação das crises econômica, ambiental, social e ética que o Brasil e o mundo enfrentam.   

O lado muito negativo é que não são manifestações propositivas. Não há soluções nos cartazes, mas somente a vontade de derrubar o atual governo. Os líderes do movimento não apresentam nada novo em termos ideológicos e políticos, tendo eles cometido corrupção no mesmo nível de gravidade. Enquanto isso, rumo à invenção de sociedades sustentáveis, pessoas mundo afora estão criando soluções para a mobilidade urbana, como o faz o cicloativismo e o 10porhora. Na área da saúde, por meio da fitoterapia e da acupuntura, há gente propondo uma medicina mais equilibrada. Tem também aqueles que estão produzindo comida mais saudável. Os arquitetos estão inventando telhados de grama, enquanto educadores reiventam a sala de aula para o século 21.

O vídeo que segue é um fala (TED Talk) de uma jovem argentina que relata uma invenção que pode ajudar a democracia a dar um salto histórico. Ela conta sobre a criação de um aplicativo de celular para debater e votar leis. Depois de inventá-lo, seu grupo ofereceu a políticos argentinos para que os auxiliasse nas decisões, tornando-as mais participativa. Ninguém se interessou e eles resolveram criar um partido, conseguindo eleger um deputado com a seguinte regra: o político somente deve votar de acordo com a decisão contabilizada pelo aplicativo. A nossa democracia atual, chamada de democracia representativa, ainda é muito imatura. Os políticos, ao invés de representarem os eleitores, trabalham em benefício próprio ou de grandes interesses econômicos.  No entanto, por meio de um simples aplicativo, enfim a democracia agora poderá ser realmente representativa. Neste caso, o político deve apenas servir ao coletivo e não mais tripudiar com o poder lhe confiado. Como vêem, esta é uma ação propositiva e inovadora na política e na democracia.

O Brasil está fazendo parte de um momento histórico crítico no planeta Terra. Diante das profundas crises da humanidade, é importante criar soluções para uma sociedade sustentável, que seja socialmente justa e ambientalmente equilibrada. Embora as manifestações do dia 13 se apresentam como uma mobilização coletiva de alguma relevância, não propõem nada novo. Sugiro cautela aos seus manifestantes, pois correm o risco de servirem de massa de manobra para péssimos políticos do século passado.  .

Segue o vídeo para que todos nós possamos nos inspirar a criar uma nova sociedade.

 

Palestra sobre Sustentabilidade, Felicidade e Metidação

Palestra sobre Sustentabilidade, Felicidade e Metidação

Palestra sobre Sustentabilidade e Felicidade no Trabalho realizada pelo Prof. Júlio Resende para o SEMASEC, evento técnico e científico da área de Secretariado Executivo e Administração, realizado pelo IFMT, campus Cuiabá.

Lapinha da Serra, MG – Time Lapse

Vídeo produzido nas montanhas de Minas Gerais, na Lapinha da Serra, local de paisagens incríveis.

 

Fotografias e Edição: Júlio Resende

Música: “Arranjo para Assobio”, por Marcos Braccini

Realização: “Bolinha de Gude: Educação para Sustentabilidade” & “10porhora: conectando sustentabilidade”;

Produção: Jabuticabeira Filmes