Sustentabilidade, Espiritualidade e Física Quântica – parte 10

Rumo à Sustentabilidade

Apesar de sustentabilidade constar no título desta série, ainda não falei diretamente sobre o tema. Esta é uma abordagem diferente à questão. Muita gente pensa que sustentabilidade é apenas mais uma nova roupagem do capitalismo, mas não é. Como já vimos, a ideologia do progresso é fundamentada na ciência clássica e na visão de um mundo máquina. Este modelo de sociedade, baseado em uma visão errada de mundo, nos conduziu à crise. Sustentabilidade é algo que está sendo construído agora e que substituirá o capitalismo.

Muitas coisas fundadas na lógica do mundo máquina estão perdendo sua força de convencimento e sua utilidade. A indústria de alimentos, por exemplo, é capaz de abarrotar os supermercados de produtos a preços relativamente baixos, mas que fazem mal à saúde das pessoas (ver O Mundo Segundo a Monsanto), dos seres vivos (ver Seres Sencientes) e do ambiente que os cerca (ver Food Inc) Como assim? Por quais razões manteremos no futuro empresas que pioram o mundo? Um outro exemplo é o automóvel, responsável por muita poluição, altos custos em infraestrutura urbana, violência e diminuição de qualidade de vida de quem o utiliza e de quem convive com ele no trânsito. O mesmo ocorre com a medicina ocidental e com outras áreas que foram superdesenvolvidas, mas hoje geram mais problemas do que soluções.

Por outro lado, a bioconstrução, agricultura familiar e orgânica, a economia solidária e local, a revolução 2.0, a democracia participativa, a medicina holística, a carta da terra, o turismo de base local, a pedagogia da terra e as bicicletas são ancoradas neste novo paradigma e são os embriões das sociedades sustentáveis. Faça um teste e procure soluções sustentáveis para as áreas que lhe interessam. Você verá que elas já estão sendo construídas. Já estamos quase prontos para a sustentabilidade. Agora estamos em um momento de conectar soluções. Os pessimistas têm razão apenas para o curto prazo. As mudanças climáticas e os problemas sociais serão terríveis e causarão sofrimento nesta década, mas na próxima já sentiremos as mudanças e teremos certeza de que a humanidade e o planeta terra seguirão sua missão: gerar vida e criar condições para ela.

Não se trata, portanto, de seguir a vida duvidando se vamos superar esta crise. É hora de compreender suas causas profundas e embarcar neste revolução que começou há algumas décadas e agora está desencadeando em soluções embrionárias para este futuro sustentável. Afinal de contas, é um previlégio ser de uma geração bem no ponto de mutação. Não muitas gerações estiveram no limiar de modelos civilizacionais como estamos agora. Rumo à sustentabilidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s