A vida nas montanhas

Fotos: Thiago Foresti

Dizem que Minas é terra de muitos artistas. Uma antiga teoria local diz que isto se deve ao fato de que lá as pessoas passam suas vidas cercadas por montanhas, que enclausuram sentimentos. A vida é mais introspectiva. O mineiro vive em torno de um violão, em um bar ou em uma cozinha, com a família ou com os amigos. O mineiro conversa muito e adora uma roda de gente. As montanhas reúnem pessoas, que contam caso, e como contam. Por outro lado, as mesmas montanhas que aproximam o horizonte, também proporcionam um belo horizonte. Os topos de serras são excelentes para a filosofia de cada dia. Do alto das montanhas, onde o vento é frio, é possível enxergar longe e ver as cidades lá em baixo no vale e o riozinho que vem da outra direção. Ora você está cercado por serras, ora você esta lá no alto vendo todo aquele mundão de Deus. De um lugar, enxerga-se o outro, mas de ângulos diferentes. De baixo, o sol se põe mais cedo e, do alto, as cidades parecem maquetes vivas. A vida introspectiva do mineiro é também plena em belos horizontes.

Fotos: Thiago Foresti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s