Terra: um grande organismo vivo

A bolinha de Gude

[ I ]

Na medida em que aumentamos nosso conhecimento sobre o universo, descobrimos que fazemos parte de um todo muito maior do que imaginávamos. Existem bilhões de galáxias. A nossa, a via láctea, tem 200 bilhões de estrelas, como o nosso sol. Sabemos, portanto, que é bem grande o mundo fora da terra. Com esta nova percepção do universo, compreendemos que não estamos no centro, mas somos apenas uma minúscula parte. Os astronautas, quando retornaram das primeiras viagens ao espaço, nos relataram a fragilidade da terra quando vista de fora. Moramos, na realidade, em uma linda e frágil bolinha de gude azul, rica em diversidade cultural e biodiversidade.

Somos co-habitantes da terra. Nele, vivem também entre 5 e 100 milhões de espécies, cada um com suas peculiaridades. A terra, nossa casa, é o único planeta que conhecemos em que as condições são idéias para a vida. Estas não são apenas simples condições, mas um complexo equilíbrio entre elementos químicos e muitos outros fatores que favorecem a vida.

Nós, pessoas, atualmente, não nos consideramos natureza. Nós estamos aqui e ela está lá. Nós nos percebemos como algo separado do ambiente em que vivemos. No entanto, todos os seres vivos são oriundos da mesma partícula que surgiu logo após o big-bang. Quando um fruto de uma árvore é comido por um passarinho, ele se transforma em passarinho. Este, quando morre, se transforma em adubo, que faz o alface crescer e nos alimentar, se tornando, dessa forma, um pedaço de nós. Somos, todos os seres vivos, interligados e interdependentes. Já fomos uma pedra ou uma foca e, com certeza, seremos ainda uma planta ou um pato. Todos os seres juntos formam este superorganismo vivo que é a terra. O futuro de toda esta diversidade é, portanto, indissociável do próprio futuro do planeta.

[Diagnósticos Sobre a Vida]

– Júlio Resende –

Anúncios

7 pensamentos sobre “Terra: um grande organismo vivo

  1. Eu e a natureza somos um.
    Somente coexistimos devido esta conexão.

    Separar, dividir, extrair, consumir, guerrear só enfraquece e fragiliza nossa GAIA, o que consequentemente adoece o homem.

    A ansiedade do imediatismo exacerbado ceifa o sonho e a possibilidade do amanhã.

    E para aqueles que estarão no amanhã o que restará?

    Curtir

  2. Grande figura humana.

    Sábias e profundas palavras de um ser lúcido sobre a situação caótica de uma sociedade alienada, perdida, vazia e auto destrutiva.

    Grande parte de minha lucidez foi despertada por você, camarada. Compartilho contigo a ansiedade por mudanças e uma nova revolução.

    A Revolução industrial mudou o rumo de nossas vidas, transformando o planeta no que somos hoje. Necessitamos de uma revolução ambiental que mude a concepção de vida dos homens para com a sua morada.

    Parabéns pelo BLOG. Tenho tido muito pouco tempo para navegar na NET, mas sempre que puder darei uma passada para apreciar uma boa leitura.

    Abraço

    Curtir

  3. Definitivamente achei pessimo o texto, mas a imagem ficou legal.
    pertendo que coloquem um texto sobre os fatores que contribuem para a vida na TERRA.

    OBRIGADO!!!!!

    Curtir

    • Prezada Xumbrega,

      A sustentabilidade é algo a ser construído e precisa muito de um rico debate. Acredito que, de agora em diante, a melhor argumentação, ou seja, aquela mais fundamentada e mais coerente, prevalecerá para a construção deste possível futuro. Neste sentido, gostaria que apontasse as falhas nos argumentos que foram utilizados no texto para o enriquecimento do debate. No entanto, alerto para que você faça a seguinte auto-crítica: no momento em que diz no seu comentário a palavra “definitivamente’ você indica que não está aberta à troca de novas idéias. Sugiro que que reveja sua posição, pois a bolinha de gude e esta mudança estrutural chamda sustentabilidade precisará de sua contribuição, criatividade e competência.

      atenciosamente e constantemente aberto a este importante debate,

      Júlio

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s